quarta-feira , novembro 21 2018
Início / EVENTOS / 1.100 Auditores participam do Congresso Latino-americano de Auditoria Interna

1.100 Auditores participam do Congresso Latino-americano de Auditoria Interna

Mais de 1100 auditores reunidos em Foz do Iguaçu (PR) assistiram à apresentação de Richard Chambers, presidente e CEO do Instituto Global de Auditoria, durante o primeiro dia do Congresso Latino-americano de Auditoria Interna – Clai ,  na segunda-feira (22/10

Na abertura do evento Richard Chambers, afirmou que nunca a carreira esteve tão valorizada no mundo corporativo. “Hoje, os acionistas e líderes de empresas privadas e públicas possuem total convicção que somos seus os olhos e os ouvidos dentro de suas operações. A responsabilidade é imensa”, alerta o executivo americano que figura na lista  dos 100 profissionais mais influentes da área contábil, no famoso ranking da revista Accounting Today.

Richard Chambers é considerado referência global, ao menos entre os mais de 190 mil auditores internos associados ao The IIA – The Institute of Internal Auditors, organização da qual é presidente e CEO , tida como a FIFA da auditoria interna no mundo, presente em mais de 170 países.

O primeiro dia do Clai também teve o anúncio oficial do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) que apresentou o programa de inteligência artificial “Malha Fina de Convênios”, um programa que usa tecnologia de aprendizado de máquina (machine learning) para análise automatizada. Estoque de 15,3 mil prestações de contas pendentes soma R$ 16,7 bilhões.

A operação da ferramenta contribuirá para uma significativa redução no prazo médio da fase de prestação de contas de quem recebe recurso da União, que atualmente supera 2,2 anos para obras e 2,8 anos para bens e serviços. Com a inovação, estima-se um benefício imediato de aproximadamente R$ 114 milhões decorrentes da redução dos custos administrativos (a exemplo da remuneração de servidores) relacionados à análise do passivo existente.

Outros destaques internacionais estiveram em ação no Congresso como o executivo japonês Naohiro Mouri – Novo chairman do Instituto Global de Auditoria, que é vice-presidente da gigante de seguros AIG – American International Group. Ele convocou  os auditores presentes a ‘elevarem os padrões’ em nome da ética e das boas práticas de gestão e governança.

Já Jonathan Calvert, escritor e editor do jornal britânico The Sunday Times, também fez uma surpreendente apresentação. Considerado um dos mais respeitados jornalistas investigativos da Europa, responsável por revelar o escândalo conhecido como ‘Fifa Files’, ele mostrou técnicas de investigação jornalística que poderiam ser aplicadas por auditores em seus ambientes de trabalho.

De acordo com Braselino Assunção, diretor geral do IIA Brasil – Instituto dos Auditores Internos do Brasil, uma das entidades promotoras do Clai, o sucesso do congresso – que teve que encerrar as inscrições antecipadamente devido a alta procura – retrata o quanto a profissão vem sendo valorizada pelo mercado. “Os auditores estão nos holofotes dos grandes acontecimentos. São eles os guardiões da ética e governança corporativa e a melhora dos níveis de transparência e confiabilidade de uma organização, passa, efetivamente, pelo crivo desses profissionais”, comenta Assunção.

Outros destaques

Até quarta-feira (24/10) passarão pelo Congresso, nomes como Paul Sobel – Considerado uma das “100  pessoas mais influentes de finanças do mundo” em ranking elaborado pela renomada revista Treasury & Risk. O executivo é atual chairman do COSO, Committee of Sponsoring Organizations of the Treadway Commission, e tido como um dos maiores experts em gerenciamento de riscos no planeta.

Haverá ainda uma curiosa apresentação de Bernardinho do Volleyball – um dos maiores vencedores da história do esporte que falará para uma plateia repleta de auditores, sobre a dedicação exigida por atletas de auto nível, comparando-a com os desafios cotidianos de auditores internos.

Nesta terça-feira (23) a Deloitte e o IIA Brasil apresentarão os resultados de uma pesquisa global que traça um raio X completo da profissão de auditoria interna, com números de um extensivo levantamento realizado com 1.156 empresas de 40 países (sendo 143 no Brasil). Ela revelará os atuais desafios e tendência da auditoria interna, no país e globalmente.

Ao todo são mais de 30 painéis e debates que acontecerão nos três dias de congresso, além da presença de diversos especialistas internacionais, temas nacionais estão sendo amplamente abordados como Lava Jato, Lei Anticorrupção, compliance, auditoria governamental, prevenção a fraudes, data analytics e auditoria de TI. Mais informações em: claiflai.org .

Fonte: IIA Brasil

Próximo Post

Evento de moda e sustentabilidade para micro e pequenas empresas começa nesta quinta-feira (15/11) em SP

Começa nesta quinta-feira (15/11) e segue até sábado (17/11), em São Paulo, a Brasil Eco …