terça-feira , janeiro 22 2019
Início / GESTÃO / 8º Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público está disponível para consulta

8º Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público está disponível para consulta

Os departamentos de Contabilidade dos estados, Distrito Federal, municípios e órgãos da União já podem consultar a 8ª edição do Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público (MCASP), publicado pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN), no dia 19 de dezembro.

As normas estabelecidas no MCASP aplicam-se, obrigatoriamente, às entidades do setor público: os governos nacional (União), estaduais, distrital (Distrito Federal) e municipais e seus respectivos poderes (abrangidos os tribunais de contas, as defensorias e o Ministério Público), órgãos, secretarias, departamentos, agências, autarquias, fundações (instituídas e mantidas pelo poder público), fundos, consórcios públicos e outras repartições públicas congêneres das administrações direta e indireta.

O documento permite e regulamenta o registro da aprovação e execução do orçamento, resgata o objeto da Contabilidade – o patrimônio; e busca a convergência aos padrões internacionais, com foco na legislação nacional vigente e os princípios da Ciência Contábil. Para acessar o Manual completo, clique aqui.

 

Secofem e Encontro de Gestores

Há mais de 10 anos, o CFC mantém parceria com a Secretaria de Tesouro Nacional (STN). A partir dessa parceria, foram realizados vários eventos, os quais contribuíram para o aprimoramento profissional, a exemplo do Encontro de Gestores Públicos e da Semana Contábil e Fiscal para Estados e Municípios (Secofem).

O calendário para a realização da Secofem e do Encontro de Gestores Públicos já foi definido.  O primeiro estado a receber os eventos será o Rio de Janeiro (RJ), de 25 a 29 de março; seguido de Natal (RN), 27 a 31 de maio; Porto Velho (RO), 10 a 14 de junho; Vitória (ES), 23 a 27 de setembro; e Palmas (TO), 4 a 8 de novembro.

São esperados para os eventos, servidores e/ou gestores públicos dos estados, municípios e Tribunais de Contas que atuem em rotinas de contabilidade e responsabilidade fiscal; e profissionais que utilizam a contabilidade aplicada do setor público, além de governadores, prefeitos, controladores, secretários, procuradores, conselheiros de Tribunais de Contas e demais autoridades.

Fonte: CFC

 

 

Próximo Post

CVM orienta sobre divulgação da informação no Plano Contábil dos Fundos de Investimento

As Superintendências de Relações com Investidores Institucionais (SIN) e de Normas Contábeis e de Auditoria …