segunda-feira , dezembro 10 2018
Início / PONTO DE VISTA / Ampliação de equipe é algo bom, que pode se tornar algo melhor

Ampliação de equipe é algo bom, que pode se tornar algo melhor

*Por Vinicius Andrade

Ampliar sua equipe é um ótimo sinal. Um excelente indicativo de que a empresa segue no caminho certo e, por conta do aumento de demandas e confiança dos clientes, precisa de mais colaboradores para dar conta de tudo e entregar um bom serviço.

Os números são bons. Com a economia em leve reaquecimento, muitas empresas estão reabrindo vagas ou contratando mais. Segundo dados da Associação Paulista de Supermercados (Apas), o setor de supermercadista fechou 2017 com 8.592 vagas criadas, dado duas vezes superior aos 3.992 empregos que criados em 2016. No meio do comércio online, a ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônicos) projeta crescimento de 15% no setor.

Na Vesteer, por exemplo, crescemos ano passado dez vezes mais em relação ao ano anterior. Mudamos para um espaço muito maior – de 25 m² para 1.500m² – e ampliamos nossa equipe em cerca de 45 funcionários. Os desafios foram muitos, entre questões logísticas e de gestão, mas miramos sempre no crescimento do nosso negócio aliado a um bom atendimento.

Para aqueles que pretendem ou sentem a necessidade de contratar mais pessoas para suas equipes, principalmente os donos de lojas virtuais, eu posso dizer que tudo precisa ser colocado na ponta do lápis. É preciso avaliar onde está o gap que pode ser preenchido por um profissional antes de procurar alguém para esse cargo.

No e-commerce as funções podem se misturar, por exemplo, a pessoa que cuida de atendimento pode exercer também uma função de TI ou de administração, entre outras. O sinal de crescimento é quando aparece uma necessidade real de ter um funcionário apenas para determinada função, devido ao aumento de trabalho que surgiu. Aconselho, portanto, perceber essa necessidade antes de tudo. Quais os pontos que estão deficitários? Quem da equipe está com sobrecarga de atividades? Com isso detectado, tudo flui com maior necessidade.

O próximo passo é buscar os colaboradores mais adequados. Existem muitos profissionais qualificados na busca de uma vaga. O empreendedor precisa avaliar quesitos como custo, função, adequação com o clima da empresa, entre outros. São muitas variáveis para a escolha do melhor para a vaga, é difícil, mas não impossível.

Por fim, parabenizo a todos que sentem a necessidade de ampliar seu material humano. Isso é um sinal de que está dando certo, portanto agora não é a hora de descansar. É hora de se planejar, muito, e buscar as melhores alternativas para que todos possam crescer juntos.

* Vinícius Andrade é CEO da Vesteer, plataforma de criação, venda e distribuição de produtos personalizados em todo o Brasil.

Próximo Post

O impacto da nova forma de compensação de créditos tributários na Lei do Bem

Por Feliciano Aldazabal  As novas regras da lei 13.670/18 sobre a forma de compensação de …