segunda-feira , fevereiro 19 2018
Início / ECONOMIA / Mudança exige dois emissores fiscais nos estabelecimentos que usam SAT

Mudança exige dois emissores fiscais nos estabelecimentos que usam SAT

A partir de agora, a empresa que utiliza o SAT na emissão de cupons fiscais deverá possuir outro equipamento ativo como reserva para operar em situações de contingência.

A mudança foi determinada na Portaria CAT nº 08/2018, publicada no Diário Oficial da União da quarta-feira (7).

Veja na íntegra:

O Coordenador da Administração Tributária, tendo em vista o disposto no Ajuste SINIEF- 11/2010 , de 24.09.2010, no Ato Cotepe ICMS-09/2012, de 13.03.2012, e no artigo 212-O, II e §§ 2º e 7º, do Regulamento do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação – RICMS, aprovado pelo Decreto 45.490 , de 30.11.2000, expede a seguinte portaria:

Art. 1º Passa a vigorar, com a redação que se segue, o artigo 25 da Portaria CAT 147/2012 , de 05.11.2012:

“Art. 25. O contribuinte obrigado à emissão de CF-e-SAT deverá dispor de equipamentos SAT de reserva ativados para atender aos casos de contingência.” (NR).

Art. 2º Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação.

Próximo Post

Com expectativa de inflação em 4,2%, cortes na Selic podem ser interrompidos

O ciclo de cortes da taxa básica de juros, a Selic, pode ser interrompido na …